terça-feira, 25 de janeiro de 2011

A tradição do bordado

          Durante as aulas, conversamos muito, trocamos ideias, pedimos "palpite" e damos "dicas" no trabalho "alheio". Várias vezes perguntamos umas às outras: " Como  começaste a bordar?", "Quem te ensinou a bordar?" Aparecem os mais diversos motivos, mas os mais comuns são: "Aprendi na escola."; "Minha avό (ou mãe) me ensinou."
          Noto que o motivo mais recorrente é "manter a tradição".Essa foi minha inspiraçao quando decidi abrir um negόcio aqui no Brasil. Queira fazer alguma coisa que despertasse a criatividade e, ao mesmo tempo, relaxasse e descontraísse. Acho que acertei!!!!!! É isso que sinto ao ver minhas alunas criando, produzindo e interagindo.
         Outro dia, 3 geraçoes de uma mesma família fizeram aula juntas, a avό e a mãe bordaram e a pequena artista pintou uma linda caixinha e aplicou letras de seu nome. Nesse caso, a “tradição” está sendo mantida. Que boml!!!!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário